Seguidores

Google+ Followers

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Bolsa soft

Seguindo a tendência do ecologicamente correto, a bolsa Soft,

tecida com fio de algodão reciclado, faz bonito nas compras



Imagem: Carlos Bessa / arquivo pessoal

Material


• 1 bola de 330 g do fio Arte Soft da H. Marin, cor Vitória
• ag. circular de 6,0 mm com 60 cm
• ag. auxiliar para trança
• 6 marcadores de pontos (sendo 4 para marcar o início e o final do painel central e 2 para marcar o início e final de cada volta e o outro para marcar o meio do trabalho), opcional
• 2 alfinetes prendedores de pontos
(pode ser substituído por 2 pedaços de fio)
• 1 fecho magnético grande para bolsa
• 1 m de corrente de alumínio para a alça
• 1 m de tecido de algodão ou plástico para o forro (opcional)
• 1 retalho de entretela grossa ou 2 pedaços de barbatanas plásticas (para estruturar a parte superior da bolsa)
• ag. Para costurar malha

Pontos empregados

Ponto arroz (tecido em círculo):
1ª volta: * 1 meia, 1 tricô *, repetir de * a *
2ª volta: * 1 tricô, 1 meia*, repetir de * a *
Repita sempre essas 2 carreiras.
Ponto fantasia com tranças (painel central da bolsa) – siga o gráfico
Ponto meia e ponto tricô ou avesso do ponto meia



Obs.: a bolsa é executada sem costuras laterais. Como o trabalho é tecido em círculo, as instruções apresentadas no gráfico representam todas as voltas que serão tecidas.

Execução

Com a ag. 6,0 montar 110 pontos e fechar em círculo, tomando o cuidado para não deixar os pontos torcidos na ag. Para facilitar o acompanhamento do gráfico e os aumentos ao longo da receita, colocar os marcadores de pontos no início da volta e no 55º ponto. Inicie o trabalho tecendo: 7 p arroz, 40 p para o gráfico, 7 p arroz, 1 p meia, 7 p arroz, 40 p para o gráfico, 7 p arroz e 1 p meia. Coloque os marcadores de pontos restantes antes e depois dos pontos para o painel central.

Teça por cerca de 28 cm, acompanhando as instruções para o gráfico e os pontos laterais ao gráfico em ponto arroz. O ponto meia que “marca” as laterais da bolsa serão tecidos em meia nas voltas ímpares e deslizados sem tecer nas voltas pares. Ao mesmo tempo, aumentar a cada 6 voltas: 4 p. (5 v.). Estes aumentos devem ser tecidos antes e depois do ponto meia nas laterais.

Ao terminar o motivo do gráfico, teça no painel central 6 carr. no avesso do ponto meia e o restante dos p. em ponto arroz. Deixe os pontos das laterais ao painel central à espera. Teça mais 6 carr. no avesso do ponto meia do painel central e arremate. Emende o fio numa das laterais da bolsa e teça por 3 cm em ponto meia e arremate.
Teça a outra lateral igual.

Montagem e acabamento

Feche o fundo da bolsa com uma costura.
Vire a bolsa pelo avesso e corte o tecido


Para o forro com 1 cm de folga para as costuras. Corte 3 pedaços de fio e passe por dentro dos elos da corrente. Posicione a corrente nas laterais da bolsa (veja a foto). Dobre as laterais da bolsa formando um “túnel” com a corrente passada por dentro. Feche o elo da corrente. Coloque o fecho imantado no centro do painel central da bolsa. Coloque um pedaço de entretela ou barbatana plástica no trecho que foi tecido no avesso do ponto meia. Vire o arremate do painel central para o avesso da bolsa e prenda com uma costura. Pregue o forro à bolsa com pontos invisíveis.

retirado do site Manequim

Nenhum comentário:

layout